Imagem Instagram do cantor

O cantor gospel Felipe Neto que até onde se sabe seria da Igreja Assembléia de Deus Missionária, que se divulga nas redes sociais como “Ministério e Palavra”, esta sendo acusado de aliciar menor para prazeres sexuais. Inclusive, a mãe de uma das vítimas chegou a procurar a delegacia de João Pessoa e registrou um Boletim de Ocorrência contra o pregador.

De acordo com as informações relatada por uma mãe da vítima, Felipe Neto chegou a pertencer a outra instituição religiosa ligada ao cristianismo. Porém por conta das atividades ilícitas do cantor gospel, o pastor da liderança o teria expulso do rol de membros.

Atualmente, salvo o engano da fonte, o pregador seria da Assembléia de Deus Missionária. que estaria na Rua Cabo Verde – 109 – Bairro da Industrias 2º Etapa- João Pessoa- Paraíba.

De acordo com as informações, mesmo após ser expulso, Felipe Neto anda de igreja em igreja pregando e cantando, e por fim seduzindo menores adolescentes para fins sexuais. Entre as vítimas estaria um garoto de 16 anos, conforme prints em posse da redação.

Segundo o B.O lavrado pela mãe do menor, este teria mantido relações sexuais com o cantor gospel de forma consentida. Em troca do ato, o pregador prometeu divulgar o trabalho autônomo que adolescente exerce.

Felipe Neto, cantor gospel da Assembléia de Deus é suspeito de aliciar sexualmente menor e mãe fica desesperada