Imagem frame do vídeo divulgado

O apóstolo Valdemiro Santiago tem pulado miudinho para pagar as contas da Igreja Mundial depois que a pandemia de coronavírus desfalcou os cofres da instituição. O pé de feijão parecia ser a saída, até o MP entrar na historia. Visto que a semente deu o falar e a retirada do vídeo do ar, agora ele inventou o colchão abençoado.

Cantora gospel Sarah Farias tem o pior dia das mães com morte da filha e marido internado com Covid-19

O novo produto passou a circular logo depois que o Ministério Público entrou com representação de estelionato contra o líder da Igreja Mundial do Poder de Deus. O colchão, já esta sendo divulgado durante os cultos on-line.

De acordo com a fala de Valdemiro Santiago, agora o assunto não tem mas nada a ver com feijão. Agora a “dádiva de Deus” é totalmente diferente.

“Estou aqui para falar sobre um assunto diferente, sobre o colchão Sono Quality. Eu morava na infância num chão batido, numa esteira de taboa. Olha o que Deus fez na minha vida. Hoje eu posso dormir num Sono Quality ”, anuncia ele. “É o que tem mais avançado em tecnologia em matéria de colchão. E ele fornece uma sensação de bem-estar (…) Eu posso falar, porque eu tenho em casa, na minha suíte na igreja. Olha o que Deus faz na vida das pessoas. Ele vai te dar a condição para você também, principalmente nesse mês das mães ”, seguir, com o número da central de vendas aparecendo abaixo. No fim, aparece uma imagem da marca, com o slogan: “É uma dádiva de Deus”, afirma ele.

tudo indica que esta será mais uma venda que vai dar o que falar no meio gospel. Lembrando que na história da semente abençoada,Valdemiro foi alvo de muitas críticas e até de denúncia depois da publicação de um vídeo em que ele vende a semente por R$ 1.000 reais.

Sobre o caso, o procurador Wellington Cabral Saraiva, ficou claro na pregação por que o pastor “usa a religião religiosa e a mística da religião para obter vantagem pessoal (ou em benefício da igreja), induzindo a usar o erro, porque não há evidência conhecida de cura da Covid -19 por meio de alguma divindade nem por ingestão ou plantação de feijões mágicos ”.

Logo depois da determinação do Ministério Público, para que fossem retirados todos os vídeos da “semente milagrosa” do ar, durante uma exibição do programa da Igreja Mundial na TV aberta, o apóstolo voltou atrás e fez questão de afirmar que a “semente não cura de coronavírus”.