O cantor evangélico Moisés Lopes, aproveitou esse momento que as pessoas estão em casa por conta da pandemia do coronavírus para “sair do armário” revelando que é gay.

Supostos nudes de Samuel Mariano, ainda deixa excluído de vários eventos em igrejas

O anúncio foi feito no final de semana, onde o cantor evangélico que vive na Europa com o esposo, disse que relutava em assumir a posição homossexual por acreditar se tratava de pecado.

“Eu subia monte, fazia consagração, jejuava, e relutava com meu pecado o qual eu era denegrido e jogado na minha cara que eu ia pra o inferno por gostar de homem aí eu cansei de ficar sendo julgado, mesmo não querendo, só quem está na nossa pele sabe o quanto a gente luta, o quanto a gente sofre”.

Samuel Mariano cobra os dízimos em nome da ADBrás dinheiro vai para conta da sua empresa?

Moises Lopes não é o primeiro cantor evangélico a se assumir gay, mostrando que muitas pessoas ainda vivem escondendo a sua verdadeira opção sexual, e após n suportarem mais as pressões, acabam relevando ao mundo.

Dentre eles, no ano passado, o cantor gospel Elias dos Santos, confessou durante uma homenagem do Programa Raul Gil, disse que “renuncia a sua homossexualidade” todos os dias.

“Eu renuncio a minha homossexualidade todos os dias para poder ir morar no céu”, disse Elias. “A minha homossexualidade é parte do que eu sou, mas Jesus disse que ‘quem quiser vir após mim, negue-se a si mesmo todos os dias, tome a sua cruz e siga-me’. Eu renuncio a mim”, completou.

Já em 2018, o cantor Lucas Fernandes, na época com 23 anos, e que integrava a Assembleia de Deus de São Paulo, surpreendeu os fãs ao assumir sua homossexualidade, onde mudou o nome artístico para Lucas Miziony e em seguida fez o lançamento do EP de música pop Homem ou mulher, no qual aparece como drag queen.

“Quando apareceu a Pabllo, me apaixonei imediatamente. Percebi onde eu poderia chegar. Agora quero mostrar que sou uma pessoa como qualquer outra. Quero quebrar esse preconceito”, disse o músico.