O pastor Sócrates Oliveira de Souza líder da Igreja Batista frequentada pela esposa de Bolsonaro, Michelle Bolsonaro, foi internado após diagnóstico de coronavírus. A Convenção Batista Brasileira (CBB) emitiu um comunicado nesta sexta-feira (3) confirmando que um dos seus coordenadores está positivo pelo Covide-19.

Pastor Davi Passamani vira pano de fundo para campanha contra assédio sexual

Sócrates Oliveira é diretor-executivo da organização. Ele coordena as igrejas batistas do país, inclusive a Igreja Batista do Recreio, no Rio de Janeiro, que é frequentada pela primeira-dama, Michelle Bolsonaro.

Segundo a nota da Convenção Batista, Sócrates seria reavaliado após 48h, para saber se o tratamento prosseguirá na unidade de saúde ou se poderá ir para casa.

“A Diretoria da Convenção Batista Brasileira recebeu da irmã Lúcia Cerqueira, esposa do pastor Sócrates Oliveira de Souza, a informação de que o pastor testou positivo para o coronavírus. No entanto, ele está bem e continuará o tratamento no hospital. Após 48h, será reavaliado, para saber se o tratamento prosseguirá na unidade de saúde ou se poderá ir para casa”, diz a nota.


Pastor impede mulher de cometer suicídio em ponte na fora “H”

Na quinta-feira (2), uma nota havia sito emitida pela diretoria da CBB pedindo a todos os fiéis orações pela vida do pastor Sócrates Oliveira de Souza

Já na sexta, com confirmação da positividade do coronavírus, o pastor Fausto Aguiar de Vasconcelos reiterou os pedidos de oração, inclusive pelos familiares do pastor.

“Aos Batistas brasileiros e a todo o povo de Deus visado o restabelecimento da saúde do pastor Sócrates”. “Oremos também por toda a sua família: sua esposa, Lúcia, e as filhas, Marianne e Camille”, disse.