Connect with us

Crime

Pastor não paga “dízimo” para facção criminosa e esposa encontra amordaçado e morto com tiro na nuca

Após a esposa pedir ajuda aos vizinhos, (Samu) foi acionado, mas nada puderam fazer, a não ser constatar o óbito da vítima

Published

on

Um pastor 37 anos de Rio Branco – Acre 37 anos, foi morto dentro da própria igreja, na noite desta quarta-feira (18). De acordo com as informações preliminares, ele teria sido executado, por não pagar o “dízimo” a uma facção criminosa que atua no local.

Mariceudo Belém da Silva foi encontrado morto pela esposa e informou as autoridades, que ele era pastor de uma igreja evangélica ainda em construção. A obra do templo religioso fica em um local de difícil acesso

Segundo a mulher, como o marido não havia voltado para casa, saiu a procura dele logo pela manhã. Ela acabou encontrando o marido pastor amarrado, com mordaça e já esta morto com tiro na nuca dentro de Igreja.

Mulher que tentou suicídio na ponte do Rio Negro é pastora. Flagrou marido bispo com travesti

Após a esposa pedir ajuda aos vizinhos, (Samu) foi acionado, mas nada puderam fazer, a não ser constatar o óbito da vítima. A Polícia também estive no local do crime, fizeram buscas na região, mas não há nenhum até o momento.

De acordo com populares que residem próximo onde a execução acontece, muitos tiros durante foram ouvidos a noite na localidade durante a noite.Internautas chegaram a relatar o assassinato nas redes sociais. Nenhum residente saiu para ver do que se tratava, pois o risco de morte ao sair noite no bairro é grande.

Milícia faz justiça com as próprias mãos e mata homem a pauladas que assassinou mulher e bebê com facadas

Fiéis que eram liderados pelo pastor da igreja, contaram que um dos motivos, e a polícia também já trabalha como hipótese, foi que Mariceudo Belém se recusou pagar “o dízimo’ para uma facção criminosa que atua no local. Os policiais da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), estão empenhados na investigação do crime

Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

POPULAR