Connect with us

Crime

Caso Lucilene: Suspeito do sumiço de evangélica esteve em Rio Verde na época do assassinato de Amanda Vaz

Published

on

Após a divulgação de um retrato falado que seria de Vanderlei, o principal suspeito do sumiço da empresária evangélica Lucilene Maria Ferrari, o delegado poderá pedir mais 30 dias prisão para o ex- namorado da mulher.

O retrato falado que foi divulgado, seria do caso Amanda Vaz, que foi assassinada em 2014 com requintes de crueldades. A imagem daquele que seria o assassino foi divulgada pela polícia civil em 2015.

A imagem foi produzida a partir da informação colhida da principal testemunha que viu o momento em que Amanda foi raptada. Na época o moço que testemunhou o sequestro era namorado da vítima. Ele acabou entrando como suspeito, mas o delegado descartou todas as possibilidades de ter sido ele criminoso.

O material genético que foi colhido do namorado da moça assassinada, não era compatível com o que foi recolhido do corpo de Amanda.

Após o retrato falado ganhar repercussão nas redes sociais, e os internautas deduzirem que a semelhança entre o suspeito do desaparecimento de Lucilene e do assassino de Amanda, ser parecido, foi descoberto que Vanderlei esteve em Rio Verde – Goiás na época da morte da garota Amanda Vaz.

Segundo o Tribunal de Justiça de Goias, diz Vanderlei teve um em Rio Verde, de acordo com o PROTOCOLO : 378915-24.2012.8.09.0137 dos Autos.

Amanda Heloiza Vaz dos Santos, de 15 anos, foi encontrada morta por asfixia em novembro de 2014 em Rio Verde. De acordo com uma entrevista de uma ex-companheira de Vanderlei cedida a Record, que inclusive também é evangélica, ele teria tentado matá-la por asfixia pelo menos duas vezes. Acrescentou ainda que o ex-marido tentou abusar da filha.

Segundo informações colhidas no perfil do facebook do suspeito do caso Lucilene, ele teria uma filha que mora em Acreuna, cerca de 80Km de Rio Verde.

A repercussão de que Vanderlei estaria em Rio Verde na época, mais o retrato falado, levou a nora de Lucilene Ferrari a afirmar em uma live no facebook, que a Tv Record teria ido a Rio Verde fazer uma reportagem.

Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

POPULAR