O pastor Silas Silas Malafaia ainda essa semana, deu uma declaração de que somente a justiça poderia impedir a realização dos cultos, já que este seria um direito de liberdade religiosa assegurado pela constituição.

E nesta quinta-feira (19), a justiça através do Ministério Público entrou com uma ação cível pública contra a Assembleia de Deus Vitória em Cristo (Advec) e seu líder, pastor Silas Malafaia.

Sem perdão à Silas Malafaia e Edir Macedo, Ana Paula Valadão rasga o verbo nas redes sociais

Na ação, o MP pede que cultos ou reuniões não sejam realizados em todos os templos da Advec no Rio de Janeiro. A uma medida do governo contra o coronavírus que esta em vigor, que deve ser cumprida, até que a pandemia do Covid-19 seja controlada.

O O pedido do cancelamento dos cultos e é liderado pela 7ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva de Defesa da Cidadania da Capital. A ação ainda pede multa diária de R$ 10 mil em caso descumpra a medida.

Com informações: O Globo