Conecte-se conosco

Pastor

Empresário, pastor Silas não se conforma em pagar multa do FGTS e reclama a Bolsonaro

Publicado

em

Silas Malafaia acha absurdo a multa do FGTS

O pastor Silas Malafaia, líder da ADVEC, igreja que está presente em quase todos estados do Brasil, também é empresário. E como tal, também tem queda de braço com o trabalhador, que tem direitos, principalmente quando é dispensado sem justa causa, que o caso que o levou até Bolsonaro reclamar da multa de 40% do FGTS que se paga ao funcionário.

De acordo com informações divulgadas no Rede Brasil Atual, o pastor Silas Malafaia é sócio ou proprietário de 116 empresas. Sejam elas físicas ou digitais. Porém, recentemente, a mídia divulgou que ele estaria passando por problemas financeiros, inclusive ele chegou a comentar na dispensa de alguns funcionários. É ai que o calo aperta, pois existe multa do Fundo de Garantia, que o patrão não tem se livrado de pagar.

Silas Malafaia detona cantor Kleber lucas e a briga foi feia na internet

No entanto, Silas teve um bate papo com Bolsonaro e publicou o vídeo em seu canal. E no momento mais crucial que se vê endividado com uma das suas empresas, o pastor aproveitou a entrevista com o chefe de Estado para reclamar da multa do FGTS que dá direito ao funcionário na dispensa sem justa causa.

Dono de igrejas e empreendimentos diversos, sobre a multa do fundo de garantia, Malafaia se queixou que “O cara já tem o fundo de garantia…” Isto leva entender que o pastor acredita o trabalhador brasileiro tem muitos “privilégios” e que os patrões necessitam de mais “incentivos”.

” “Acho que no nosso país essa visão esquerdopata, de só pensar em ‘privilégios’, acabou prejudicando os próprios trabalhadores. Por que uma empresa, rapaz… em que lugar do mundo, em que lugar é esse do mundo que você paga uma multa… O cara (trabalhador) tem fundo de garantia… e ainda tem de pagar uma multa para mandar o cara embora. E se a empresa estiver mal?”, questionou.

Entre as empresas, está  Central Gospel Music, que tem lojas no Rio de Janeiro e em São Paulo. Ainda tem o comércio virtual e uma produtora de audiovisuais. Nelas grava CDs e DVDs e mantém estrelas da música gospel em seu casting.

No grupo há também a Editora Central Gospel Ltda,que é o grande problema de Silas Malafaia, e até entrou recuperação judicial em meados de 2019. Segundo a Justiça do Rio, e informado pelo Rede Brasil Atual, as dívidas são da ordem de R$ 15.644.138,72. Sendo R$ 1.508.955,80 só com credores trabalhistas.

Publicidade
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

POPULAR