Connect with us

Crime

Pastor é acusado de medicar jovem de 16 anos contra gravidez e estuprar no motel

A jovem de 16 anos estava fazendo tratamento em uma clínica de reabilitação

Published

on

Pastor estupra novinha em motel

Um pastor de Juiz de Fora está sendo alvo Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher que já abriu inquérito para apurar a denuncia de que o religioso teria medicado a jovem contra gravidez e a estuprado em um motel da cidade.

Pastora evangélica foi pega no flagra tendo relação [email protected] com fiel e tudo veio a tona

A jovem de 16 anos estava fazendo tratamento em uma clínica de reabilitação e de acordo com a mãe que fez um  boletim de ocorrência  a suposta vítima teria sido abusada enquanto se tratava por dependência química havia dois anos.

Segundo ainda BO que foi registrado contra o pastor no último sábado (4) , ele começou a conversar com a menina há cerca de seis meses. Perguntava sobre relações sexuais que a jovem já tivera com meninos bem como as posições sexuais empregadas no ato.

Segundo a jovem que contou aos pais os abusos, o pastor de 51 anos falava que ia ajudá-la a se libertar. A vítima ainda contou que o suspeito começou a alisar seu cabelo e passar a mão em seu corpo. Ela disse que chegou a empurrá-lo após as investida, porém ele continuou as tentativas até executar o ato sexual a força.

A vítima relatou que o ato foi repetido várias vezes, pois o homem sempre a chamava para seu escritório e a estuprava. Após a sequência de estupros, a jovem disse q que pessoas da clínica começaram a desconfiar do que acontecia e perguntaram se tinha algum relacionamento com o pastor. A Moça confidenciou a uma pessoa da clínica que estava sendo estuprada.

De acordo aindo com o boletim de Ocorrência, houve um episódio que a jovem foi levada para cantar em um noivado. Logo após a cerimônia de pré casamento, pastor comprou anticoncepcional, e a levou para um motel da cidade, a garota tinha medo da gravidez.

Por cerca de 6 meses os abusos foram acontecendo, até que no último sábado 4, o caso chegou aos seus pais e denunciado Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher .

Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

POPULAR