Um pastor da Igreja Highpoint Church dos Estados Unidos, resolveu confessar perante a igreja um estupro que chamou de “incidente sexual” com uma adolescente há mais de 20 anos. A sua revelação gerou comoção nos fiéis que logo oraram por ele e de pé o aplaudiram.

Pastor André Valadão consagra filho de Patrícia Abravanel na Igreja Batista Lagoinha

A confissão do  Andy Savage aconteceu em 2018, e um ano se passou desde que a verdade veio a tona. Contudo,Savage não foi condenado pelo crime de estupro. Na época ele tinha 22 anos e atuava como pastor de jovens da igreja que Jules frequentava. A jovem chegou a afirmar que foi obrigada a fazer sexo oral nele. 

“Enquanto ainda estava na faculdade, no Texas há mais de 20 anos, lamentavelmente tive um incidente sexual com uma aluna do ensino médio daquela igreja”, revelou. 

A moça que fora vítima do pastor, Jules Woodson, através das suas redes sociais conformou que teria sido abusada pelo líder de jovens. Na ocasião, Jules disse que fez oral em Savage pois ficou com medo. Logo depois, chegou procurou a liderança principal da Igreja, mas foi orientada a abafar o caso.

O que diz Igreja Batista Getsemani sobre pastor acusado de abuso sexual

A confissão do estupro perante a igreja lotada. Depois da revelação,o pastor Chris Conlee que estava dirigindo o culto, fez uma oração e opinou dizendo que  “nos entristece que a senhora Woodson não tenha trilhado o mesmo caminho da cura”.

Segundo informou a mídia local, o pastor Savage deixou Highpoint Church depois de confessar o estupro e estaria começando uma nova igreja em Memphis.