Conecte-se conosco




Geral

Após mais de 70 dias morto, pastor evangélico deixa grupos de WhatsApp; Entenda

Publicado

em

anderson do carmo morto a 71 dias
anderson do carmo morto a 71 dias

Pastor Morto

Faz 71 dias que o pastor Anderson do Carmo, marido de Flordelis foi assassinado . Anderson era bastante influente e tinha vários amigos em grupos de WhatsApp. O crime ainda não foi resolvido, mas dois dos filhos da contora gospel estão presos, Flávio e Lucas.

+ Vídeo pornográfico vaza e cantor gospel cai na boca do povo

Mas algo inusitado grupos de WahsApp passou a chamar a atenção no caso Flordelis, envolvendo a morte do pastor Anderson do Carmo. A saída do pastor do App movimentou as redes sociais e os principais sites de notícias gospel nesta segunda (26).

 

Algins membros de alguns grupos de Whatsapp, que o pastor Anderson do Carmo fazia parte, contaram que o número do celular que era usado pelo pastor saiu dos grupos.

Ainda durante toda a tarde, pastores e parlamentares qeu fazem parte do grupo questionaram entre si quem poderia estar com o celular do pastor, e saindo dos grupos. Visto a esposa Flordelis havia dito em depoimento que o celular do pastor teria sido perdido na madrugada do crime.

Após 71 dias morto, pastor deixa grupos de WhatsApp

Em depoimento dado pelo seu filho Wagner Andrade Pimenta, afirmou que sua mãe, Flordelis teria quebrado o celular do pastor marido e jogado na ponte Rio - Niterói.

Após a repercussão do pastor morto estar saindo dos grupos do WhatsApp, a assessoria de Imprensa da cantora gospel Flordelis se pronuniou. Foi informado a imprensa que o número do celular do pastor foi desabilitado, com o objetivo de evitar os custos. Se verdad prevalevecer na alegação, poderia justificar a saída de "Anderson do Carmo dos grupos de Whatsapp.

Mais notícias gospel



O conteúdo do site é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.



Publicidade