Conecte-se conosco




CANTORES GOSPEL

"Eu preciso que a justiça seja justa", diz cantora gospel famosa agredida pelo ex-marido pastor

Publicado

em

" Eu preciso que a justiça seja justa", diz cantora gospel agredida pelo ex-marido que é pastor

"Eu preciso que a justiça seja justa", diz cantora gospel famosa agredida pelo ex-marido pastor. Um pastor que se divorciou da cantora gospel Regiane Vilimas, teria feitos certos trabalhos contra ela. De acordo com depoimento da própria cantora, ela teria encontrado feitiçaria entre entre seus pertences por conta de ser ex mulher e teria direito a receber também parte dos bens, bem como seus pertences.

Tribunal Justiça nega mais uma vez liminar para cúpula de pastores da CEADEB

A cantora que por força das agressões, teve de recorrer a lei que ampara a mulher quando é agredida, se sente injustiçada da forma que a justiça atuou no seu caso, a deixando-a com "uma mão na frente e outra atrás.

O divórcio da cantora gospel que tinha sido lavrado logo quando decidiram se separar, somente foi concluído em Julho de 2019, e o pastor teria de devolver os pertences da ex-mulher. E segundo ela, isto não aconteceu.

A cantora gospel afirma o que seu ex-marido pastor teria danificado seus objetos pessoais e para a surpresa de Regiane, havia feitiçaria no meio desses objetos. Ela suspeita que o trabalho foi feito a mando dele, mesmo sendo pastor evangélico.

O depoimento exclusivo dado pela religiosa ao Contei diz que o religioso se apropriou até de documentos , e no acordo circunstanciado, realizado por conta da separação, a evangélica ficou na miséria e chegou a dormir no chão segundo ela. No processo que durou um ano, ela se viu obrigada a pagar despesas desta separação.

O juiz do caso, que julgou o divórcio entre os dois a teria obrigado a pagar metade do valor da mudança. Ou seja, Regiane precisou tirar dinheiro do próprio bolso para ter seus pertences de volta. Ela ainda pediu à Justiça para anexar as provas do que o ex teria feito contra ela, o pedido foi negado.

Mas para sua surpresa ao conferir seus pertences pessoais que conseguiu resgatar, Regiane encontrou Pó de Pemba, um pote com alho e feijão. Outro fato inusitado foi encontrar apenas 66 peças de um faqueiro de 99 peças.

A última notícia que a cantora gospel informou é de que o pastor a estaria obrigando a pagar mais de 7 mil reais.

Em trecho do seu relato, Regiane Vilimas conta que " esse pastor me traiu , me agrediu e sou amparada pela Lei Maria da Penha , mas vivo escondida". Inclusive um dos pontos que foi frisado pela cantora gospel, é que até hoje o intitulado pastor , não devolveu seus bens e pertences.

Mesmo sendo amparada pela lei Maria da Penha, Regiane se sente injustiçado com a decisão do Juiz, e afirma que já procurou todos os departamentos. Defensoria pública , Ministério Público , Polinter, Delegacia da Mulher, Delegacia Civil e nada novo aconteceu.

Regiane Vilimas relata que devido essa perseguição , não consegue confiar em ninguém e vive apavorada. Tamanha é a perseguição, que seria porque o intitulado pastor seu ex-marido, tem ameaçado a cantora , pois quer que ela retire a denuncia na Lei Maria da Penha.

Ela ainda revelou que em fevereiro de 2017 o pastor juntamente com a amante dele , agrediram em local público. Um mês após, no dia do meu aniversário 16/03/17 ele se apropriou de tudo o que ela tinha adeixando somente com a roupa do corpo.

O conteúdo do site é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.



O conteúdo do site é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.



 

Continue Lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *