Filhos se revoltam com Deputada Flordelis e vão polícia dizer que é culpada da morte do Pai

Filhos se revoltam com Deputada  Flordelis e vão polícia dizer que é culpada da morte do Pai
Filhos diz que Flordelis é culpada
Filhos diz que Flordelis é culpada

Filhos se revoltam com Deputada Flordelis e vão polícia dizer que é culpada da morte do Pai. Cinco dos deles foram a polícia e depoimento deixaram claro o que pensa da mãe sendo ela culpada do assassinato do pastor.

O primeiro dos cinco filhos de Flordelis a prestar depoimento à polícia e romper com o ministério da mãe, foi Misael Pimenta que logo em seguida mudou até o sobrenome.

Wagner Andrade que foi eleito a vereador como Misael de Flordelis, disse aos investigadores, Flordelis era a “ mentora intelectual ” do crime. Misael garante que a própria deputada Flordelis quebrou o aparelho e o jogou da Ponte Rio-Niterói.

Tribunal Justiça nega mais uma vez liminar para cúpula de pastores da CEADEB

Roberta Santos disse a polícia acreditar que Flordelis ganharia “paz” com a morte de Anderson do Carmo. Roberta ainda afirmou que ela vê alívio nos olhos da mãe e que o comportamento dela, após o crime, é um teatro.

Luan dos Santos contou ter visto quando o motorista de Flordelis foi entregar à mãe o celular de Anderson, que estava sumido. A deputada disse à polícia que não sabia onde estava o aparelho.

Guerra familiar entre Misael Pimenta e Flordelis entra em clima tenso

Daniel dos Santos filho biológico do casal, o rapaz foi o primeiro, junto com Misael Pimenta, a acusar Flordelis de envolvimento no crime. Ele contou ter ouvido a mãe dizer que “a hora do pai vai chegar e não demora muito”.

Simone dos Santos filha biológica de Flordelis, ela, segundo irmãos e um ex-amante, dava remédio para envenenar Anderson. A polícia descobriu que ela fez pesquisas sobre cianeto na internet. Simone nega.

Igreja quebra protocolo e contrata cantora gospel suspeita de crime

Kelly Cristina relatou que sabia que a irmã Marzi colocava remédio na comida de Anderson do Carmo, e que ele consumia o medicamento sem ter conhecimento do que tomava, “ficando letárgico e com muita falta de ar”. Flordelis costumava dizer, segundo Kelly, que “iria dar o remedinho para ele ficar calminho” e que “quando Anderson não estivesse mais ali, as coisas iriam melhorar”.

Dona Edna mãe do pastor morto, afirmou aos policiais num depoimento voluntário que o pastor nunca teve nenhum filho biológico. Antes de se relacionar com Anderson, Flordelis já possuía três filhos biológicos : Simone, Adriano e Flávio. Daniel era um dos filhos mais próximos a Anderson, considerado o “xodó” do pai.

Nesta quinta-feira 22, a cantora gospel Flordelis voltou a negar envolvimento no assassinato do pastor Anderson do Carmo através de uma nota oficial.

“O que ganhei com a morte do meu marido? Eu só perdi”, afirmou, por nota.

Flordelis ainda acrescentou que era Anderson que cuidava de sua carreira política e de seus contratos artísticos como cantora gospel. A pastora e mãe também acusou seu filho Misael de ter apagado o mensagens do celular d o pai após buscá-lo na casa da família. Segundo ela, foi no dia do sepultamento do pastor e marido. A pastora disse ainda que, em 2018, Anderson não deixou que Misael fosse candidato a deputado estadual.

Etiquetas
Comentários

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of
Botão Voltar ao topo
Fechar