Conecte-se conosco




Política

Na quinta cirurgia após a facada, presidente Bolsonaro se alimenta por sonda

Publicado

em

bolsonaro faz nova cirurgia

Nesta quinta cirurgia, por conta da facada que recebeu a um ano, o presidente vai se alimentar por sonda novamente. Bolsonaro está passando por mais uma intervenção por conta do episódio fatídico que ocorreu durante as eleições de 2018.

Bomba | Cantora gospel Flordelis é procurada pela Polícia

O presidente teve de se submeter a uma nova cirurgia em decorrência de pequenas complicações. Bolsonaro teve hérnias intestinais, que são comuns em intervenções feitas como as que foram realizadas por conta da facada. Foi preciso instalar a sonda naso gastrointestinal, para que ele possa se alimentar.

Desde o evento fatídico do dia 6 de Setembro de 2018, durante uma passeata nas eleições do mesmo ano, já foram 5 intervenções. A primeira ocorreu no dia que Jair foi esfaqueado e precisou de urgência para estancar o sangramento decorrente dos ferimentos.

Ainda temos diversas teorias da conspiração acerca do episódio. Adversários políticos e veículos de comunicação não tradicionais ainda colocam em dúvida o acontecimento. Porém, a cada nova internação para que seja feita uma avaliação do intestino de Jair, fica atestado o seu quadro de saúde, que necessita de cuidados médicos.

Embora, não haja perigo de vida ou maiores complicações, o caso implica observação de uma equipe médica. O chefe da nação está internado desde o domingo, no dia 08 de Setembro. Ele já apareceu em imagens feitas após a intervenção, porém, os médicos consideraram o recurso para a alimentação após o surgimento de ar no estomago.

A equipe médica tranqüilizou os cidadãos, e disseram que o quadro é natural e não inspira maiores preocupações. O procedimento é uma prevenção para que o quadro de saúde do presidente Bolsonaro não venha a se complicar. A facada atingiu as alças do intestino e foram realizadas cinco cirurgias para corrigir problemas decorrentes do evento. Os médicos não deram uma previsão de quando vão retirar a sonda de alimentação. 



O conteúdo do site é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.



Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Presidente Bolsonaro recebe alta e diz que retoma a agenda do governo

Publicado

em

Bolsonaro sai do hospital

Após uma semana da cirurgia, que corrigiu uma hérnia intestinal, o presidente do Brasil teve alta. Bolsonaro chegou a gravar um vídeo dentro do hospital para falar sobre os assuntos do governo. Ele retoma sua agenda neste 17 de Setembro, mas Mourão continua no cargo até quinta feira.

+ Aparência de Bolsonaro após cirurgia deixa brasileiros chocados

O vice presidente Hamilton Mourão continua substituindo Bolsonaro, para que este possa se recuperar plenamente. Sua alta, tranqüilizou a todos os cidadãos do Brasil. Jair vai ter apenas de adiar um compromisso em sua agenda de governo da Presidência do Brasil.

Para corrigir um pequeno problema decorrente da facada que recebeu a mais de um ano, o líder da nação fez sua quinta cirurgia. O governante da nação saiu direto do Hospital Vila Nova Star, em São Paulo direto para Brasília. Ao chegar na capital do país, ele concebeu uma pequena entrevista.

Nesta pequena entrevista concedida no Palácio do Planalto, Bolsonaro disse que vai retomar a presidência nesta terça feira.

A equipe médica que realizou este último procedimento, o autorizou a continuar o procedimento em casa. A mesma equipe precisará fazer nova avaliação, por conta da viagem que o presidente fará à ONU.

As recomendações dos médicos são para que o governante adie sua viagem à Nova York em pelo menos um dia. Pois, ele irá discursar apenas no dia 24 de Setembro, na próxima terça feira. O indivíduo que representa o Brasil abre as falas no evento.

Mas, os compromissos nos EUA não acabam na ONU. Já no dia seguinte, o presidente viaja ao Texas para encontrar com empresários e militares. Bolsonaro vai retornar ao Brasil no dia 25 de Setembro. Ou seja, governar uma nação não tem descanso. Com menos de 10 dias de uma cirurgia delicada ele terá de cumprir uma agenda exaustiva. Restam apenas as orações dos brasileiros para que sua saúde fique totalmente recuperada. 

Continue Lendo

POPULAR