Conecte-se conosco




Geral

Traição, ódio e vingança na morte de Anderson do Carmo, marido de Flordelis

Publicado

em

Anderson do carmo teria traído a cantora flordelis
Traição, ódio e vingança na morte do marido de Flordelis , Anderson do Carmo

 O Pastor Anderson do Carmo foi morto  no último domingo, por pelo menos 15 tiros. A Polícia desconfia que dois de seus filhos o tenham matado por vingança. Segundo suspeitas, os dois estariam defendendo Flordelis, de uma traição de Anderson do Carmo. Tomados de ódio teriam matado o pai a tiros por vingança.

No crime que foi executado com requintes de ódio, supostamente por uma traição à cantora Flordelis Anderson do Carmo faleceu no local. Os dois filhos suspeitos de Anderson do Carmo e Flordelis já prestaram esclarecimentos sobre a morte do pai. Porém, ambos continuam presos por outros crimes, e não pela morte de Anderson do Carmo.

Na investigações da morte de Anderson do Carmo, A polícia suspeita que os dois mataram Anderson do Carmo, para defender a mãe, de uma traição.

Filho de Flordelis foi preso como suspeito do assassinato do pai

Durante o enterro de Anderson do Carmo, de forma discreta Flávio dos Santos foi preso. Ele, é filho apenas da Pastora e deputada federal Florde Lis. A deputada e pastora, junto com o marido, tinham 55 filhos. O filho preso primeiro, Flávio dos Santos, teve prisão decretada por violência doméstica.

Mais um filho do casal foi preso posteriormente, Lucas, por tráfico de drogas. Lucas se envolveu com o tráfico de drogas quando era menor de idade. Ele foi encontrado na casa de Anderson do Carmo. Lucas e Flávio deram o seu depoimento sobre a tragédia na Delegacia de Homicídios de Niterói.

Flávio passou a noite na delegacia de Homicídios e Lucas foi levado para o órgão que cuida de tráfico de drogas por menores.

A cantora gospel Flordelis, nega a possibilidade da participação dos filhos na morte do pai pela traição.

" Isso é ridículo, acusar alguém sem provas", disse Flor de Lis. A cantora gospel acredita que foi uma tentativa de latrocínio. " – é nisso que eu acredito, que foi um assalto, e que ele morreu defendendo a família" – disse a pastora durante o enterro de Anderson do Carmo.

 De acordo com a Polícia, os assassinos se evadiram do local sem roubar nada. Segundo as investigações, os criminosos usaram toucas ninjas e deram algo para os cachorros dormirem, antes de cometerem o crime.

 Anderson , foi morto com muito ódio com ao menos 15 tiros no domingo às 4 horas da manhã. A morte ocorreu na garagem de sua residência, em Pendotiba, em Niterói.

De acordo com o laudo do IML, o corpo de Anderson do Carmo tinha 30 perfurações. As 30 perfurações são em conseqüência da entrada e saída de alguns tiros que causaram o óbito. A maioria dos ferimentos à bala, estão na região da virilha, são nove tiros nessa região.

Anderson do Carmo recebeu oito tiros no peito e um tiro na cabeça, praticamente à queima-roupa. De acordo com a experiência policial, esse tipo de ferimento aumenta a possibilidade de que o autor do crime tinha a intenção de executar a vítima.



O conteúdo do site é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.