Conecte-se conosco




Geral

Pastor de 79 anos é preso pela polícia após falsificar diplomas

Publicado

em

falsificação de diplomas
Pastor de 79 anos é preso pela polícia após falsificar diplomas

Um pastor de 79 anos foi preso pela polícia após falsificar diplomas de faculdades, procurações, atestados e carimbos médicos na cidade de Belo Horizonte, Minas Gerais.

Conforme informações policiais, todo o material fraudulento foi encontrado na casa do pastor e em um escritório na região central.  

No local ainda funcionava uma lan house e suspeita-se que ela era de fachada.

A PM apreendeu um computador, vários modelos de diplomas, atestados e 25 carimbos médicos que serão usados pelas autoridades para que o caso possa ser investigado.

Este é um caso que chamou bastante á atenção dos policiais, não só por ser um esquema bastante bem planejado, como a inclusão de uma pessoa religiosa no comando da quadrilha.

Ainda não se sabe o que teria motivado o pastor de 79 anos a entrar no segmento de falsificação de diplomas, e quantos anos ele agia no crime.

Além disso, os policiais estão investigando que foram as pessoas que compraram diplomas falsos do pastor de 79 anos, e para qual finalidade esses documentos estariam sendo usados.

Ou seja, mais uma vez encontramos um caso de falsos cristão que tentam ganhar vantagem de forma ilícita indo totalmente contrário ao que prega o evangelho.

Após engravidar amante, cantor gospel Juninho Black se pronuncia e pede perdão pelos erros

Outro fator que chama a atenção é a idade do pastor, que mesmo idoso não deixou de cometer um crime desta gravidade, sem pensar nas consequência que isso traria, seja para a sua congregação, onde deixa de ser exemplo aos fiéis, como as leis humanas que repudia com prisão quem comete tal crime de falsificação de diplomas e documentos oficiais.

Com a investigação, a polícia mineira espera prender resto do bando, até porque um crime dessa magnitude não é feita somente por uma semana, e precisa de um esquema bem elaborado para que tudo dê certo, até a chegada da polícia.



O conteúdo do site é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.