Conecte-se conosco




Geral

Evangélicos evitam cultos à noite, por medo da violência no Rio de Janeiro

Publicado

em

violência rio de Janeiro
Evangélicos evitam cultos à noite, por medo da violência no Rio de Janeiro

Com receio dos casos de violência nos templos evangélicos e fieis de diversas religiões têm preferido comparecer aos locais de cultos no período da manhã. Igrejas e centros de diferentes religiões registraram muitos assaltos e invasões nos últimos anos.

Casos frequentes de violência em todo o estado do Rio de Janeiro vêm despertando o medo dos frequentadores de templos evangélicos, fazendo com que eles evitem comparecer a cultos durante a noite, em diversas localidades do estado do Rio de Janeiro. São histórias de assaltos e violência acontecidas dentro e fora dos locais religiosos, que tem feito fieis de outras religiões também evitarem reuniões no período noturno, como católicos e espíritas.

Em 2018, por exemplo, a Igreja Católica da Vila Kennedy (localizada na zona Oeste da capital do RJ) passou por um assalto. Homens invadiram o local e fizeram fieis o padre de vítimas.

Contrários ao governo de Bolsonaro comemoram morte do cantor Gabriel Diniz

A Igreja Adventista do Méier também passou por algo parecido, ainda nesse ano. Ainda, um centro espírita foi assaltado e um comerciante foi rendido pelos criminosos.

Apesar da diferença de crenças, obviamente, todos os fieis têm ficado amedrontados. Com isso, eles procuram frequentar os locais apenas durante o dia e a tarde.

Em entrevista a um tradicional jornal de São Paulo, o pastor batista e cientista político, Valdemar Figueredo Filho, acredita que as igrejas devem readequar os horários de reuniões e cultos. Figueredo comentou que os locais são abertos ao público, o que os tornam lugares de risco.

A umbandista, Josefina Maria Albino, concedeu uma entrevista para o mesmo jornal e comentou que, de uns tempos para cá, com esses casos de violência, tem percebido a queda de cerca da metade dos frequentadores do centro, em reuniões que ocorrem a partir das 20h. Também membros de um centro kardecista em São Cristóvão (RJ) declararam que a quantidade de fieis, em especial com mais idade, caiu nos encontros realizados durante a noite.



O conteúdo do site é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.