Com medo dos eleitores, Pastor Deputado Federal pede desculpa nas redes sociais após votar contra Sérgio Moro

Com medo dos eleitores, Pastor Deputado Federal pede desculpa nas redes sociais após votar contra Sérgio Moro

O Deputado Federal e Pastor Otoni de Paula parece que ficou com medo dos eleitores, e resolveu usar as redes sociais para pedir desculpas pelo seu erro depois que votou contra as medidas do Ministro Sérgio Moro. Uma delas para que o COAF saísse do poder do Ministério da Justiça.

Após a votação, choveram críticas contra o Deputado Federal Otoni, da qual os seus eleitores diziam que estavam arrependidos de terem votado nele para o cargo, e que nas próximas eleições ele pagaria caro por isso.

Sabendo que vive de votos, e que não é bom tomar uma posição contrária ao governo Bolsonaro neste momento, o Deputado Federal Otoni resolveu voltar atrás, e publicou em seu Facebook um pedido de desculpas, dizendo que errou ao votar contrário ao Ministro Sérgio Moro, alegando que é a favor da Reforma da Previdência e do governo Bolsonaro.

Ministra Damares rebate acusações sobre personagem do filme Frozen ser lésbica

No post, ele diz que aprendeu com o erro e foi maduro para corrigir, alegando que a vida de parlamentar é muito rígida, e por isso, as vezes, é cometidos erros que no futuro podem prejudicar o Brasil.

“@Fechar-se em torno desse mundo que é o parlamento e acabar se distanciando, sem perceber, do desejo de quem quer mudar o Brasil”, disse o deputado.

Ainda na publicação, ele disse que, como foi contrário ao Ministro Sérgio Moro, não esteve presente nas manifestações do último domingo (26), e que ficar fora das ruas foi triste, mas esse foi o preço que teve que pagar pelo erro cometido.

“Graças a Deus, hoje tenho a oportunidade de consertar através do voto. O Senado ainda pode mandar para a Câmara dos Deputados uma nova votação sobre o COAF, e se voltar, votarei para que o COAF fique com o Ministério da Justiça”, disse o Deputado.

No final do post, ele agradeceu a todos que ficaram do seu lado, como também quem criticou pela atitude errada.

“A guerra só está começando, precisamos aprovar a NOVA PREVIDÊNCIA, o PACOTE ANTI-CRIME DE SÉRGIO MORO, a REFORMA TRIBUTÁRIA e tantas outras pautas importantes para o país, conte com o meu voto alinhado, como sempre esteve, com a vontade do povo brasileiro. Mais uma vez perdão, pois, nessa relação entre parlamentar e cidadão, o patrão é você. Estou político, mas SOU um cidadão. Sou humano”, finaliza o post o Deputado Federal Otoni de Paula.

Ou seja, quando viu que poderia ficar de fora da mamata que é estar no poder como Deputado Estadual, o parlamentar resolveu voltar atrás do seu voto, dizendo que na verdade ouviu a voz dos eleitores. Mas, nós sabemos muito bem como funciona o sistema político brasileiro, e são esses tipos de pessoas que Bolsonaro diz que não fará acordo, até porque o Brasil está cansado da velha política. 

Etiquetas
Comentários

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of
Botão Voltar ao topo
Fechar